quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Marley e eu

Desde que comecei o Dias de Cão tenho vontade de escrever sobre um livro que me fez rir e chorar muito, "Marley e eu". Ganhei o livro de meu marido, quando embarcava para visitar Belo Horizonte num mês de outubro, logo após o acidente com o avião da Gol. Sim, eu que adoro aviões, estava morrendo de medo de voar aquele dia. Quando cheguei ao relato sobre a escolha do Marley e como o pai dele se "apresenta" à família, estávamos sobrevoando a represa de Três Marias, onde sempre tem uma pequena turbulência. As pessoas se olhavam, todas com medo, e eu tinha um ataque de riso daqueles incontroláveis, pois a cena era quase igual à que passamos com a Shiva. Nem preciso completar que devorei o livro em pouco tempo.

Para quem gosta de uma boa leitura, é um bom livro. Para quem gosta de bichos, acho que é até obrigatório. E para quem pretende ter um bicho em casa, é imprescindível ler e prestar muita atenção. Porque conviver com cachorros, gatos, aves e outros animais domésticos nos faz lidar com nossas emoções diariamente. Lidamos com o previsível, pois eles costumam apreciar uma rotina, com o imprevisível, pois sempre conseguem nos surpreender e com o inevitável fato de que suas vidas não têm a mesma duração da nossa. E conseguir deixá-los partir talvez seja a tarefa mais difícil de nossa convivência com eles.

Hoje assisti o trailer do filme e decidi finalmete tirar alguns minutos do dia para escrever sobre o livro. Mal posso esperar para ir assistir. Não tenho expectativas de que seja tão bom quanto o livro - normalmente os filmes não conseguem traduzir as emoções que experimentamos na leitura - nem de que seja um candidato ao Oscar. Só espero me divertir muito vendo um labrador endiabrado deixar a vida das pessoas mais alegre, a despeito de mais complicada.

PS: Não é merchandising, ok?
PS2: Cadê o trailer que estava aqui? Parece que o link saiu do ar... :(

5 comentários:

Nanda Melonio disse...

Olá! Como faço para enviar uma notícia pro site? Estamos promovendo uma exposição fotográfica no RS sobre animais de rua e gostaríamos de divulgar. Grata.

Bella disse...

Oi, me envie um e-mail, isabellaneves@gmail.com

Darislene disse...

Você já leu "Anjo de quatro patas"? É do Walcyr Carrasco, parece um Marley brasileiro, muito bom !!

Bella disse...

Darislene, obrigada pela dica! Ainda não li, mas fiquei interessada.

Patricia Daltro disse...

Valeu a dica, vou ler o livro e assistir ao filme.